Uma lembrançazinha

cama vazia

Nossa cama ficou tão vazia sem você que mais parece um deserto de pano. Cada centímetro de lençol tem o formato do seu cheiro, o algodão parece reproduzir o seu toque na minha pele. Crio desenhos do seu corpo com a ajuda dos lençóis, enquanto o desejo de ouvir sua voz torna-se uma agonia calada. Há dias que ando com sua respiração pendurada nos meus ouvidos, meu corpo ainda tem o formato do seu abraço e ando de leve como costumava fazer quando subia nas pontas dos seus pés e você me levava pro quarto, aos tropeços e risos, olhares e cochichos. Há dias que olho pra nossa cama e vejo o amor, outrora vivo e contagiante, agora emoldurado numa lembrança como uma imagem pintada numa esperançazinha que me traz calmaria.

Depois que vivemos de saudade, as lembranças se tornam o alimento mais necessário.
Anúncios

Sobre detantopensarescrevi

Um dia acordei e estava espalhada, haviam palavras por todos os lados, e não tinha como junta-las, foi então que decidi escrevê-las.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s