Arquivo do mês: junho 2013

Lavei minha alma com teu perfume

  Ando querendo prender o tempo numa redoma perfumada… É tanta vida pra se viver! Quiçá na curteza dos tempos, fosse possível eternizar qualquer pedaço de você.   Eu cantaria e até dançaria de saudade, eu choraria que o castanho … Continuar lendo

Publicado em Amor, Saudade, Tempo, Vida | Deixe um comentário

O que sobrou da saudade

Irresistível transformar tudo em palavras. As palavras são como um lugar de onde se emana qualquer coisa, as possibilidades são infinitas e quase não se sobra tempo de existir. Então…  Por que não parar um pouco com essa necessidade de … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários