Poeminha vagabundo

images (25)

Tá vago aqui,

Bem do meu lado

Falta um tanto de você assim

E fica vago.

E seu rosto desaparece, devagar.

Cadê a memória que estava aqui?

Um vagalume que iluminasse uma lembrança sua…

Sinto que divago.

Devagar

Em vagar

Maldito coração vagabundo.

Anúncios

Sobre detantopensarescrevi

Um dia acordei e estava espalhada, haviam palavras por todos os lados, e não tinha como junta-las, foi então que decidi escrevê-las.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Poeminha vagabundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s